Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/polic396/public_html/bkp-pcia/admin/conectar.php on line 2
Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018
CAPA
NOTÍCIAS
VÍDEOS
GALERIA DE FOTOS
CHAT
AGENDA
SOCIAL
QUEM SOMOS
ANUNCIE
CONTATO


Home Page
Favoritos

WhatsApp Policia e Cia
fb/policiaeciaoficial
@policiaecia
Envie torpedos SMS grátis
TV's Online

Rádios Online

Sites Úteis
Policia Rodov.Federal
Polícia Federal
Bombeiros MG
Polícia Militar MG
Polícia Civil MG
Detran MG
Tribunal de Justiça MG
Justiça Militar MG
Portal do MP
Consultar CEP
Consulta Veículos MG
Lista telefônica
Anteced. Criminais PC
Anteced. Criminais PF
Certidao Negativa Justiça Federal
Certidao Negativa Tribunal Eleitoral
Agência Brasil
Agência Minas
Cadastro Nacional de Veículos
Jornal O Tempo


Parceiros
Pascoal On Line
Matipó Vip
Universo Policial
Blog da Renata
Portal Caparaó
Mutum On Line
Ipanews - Ipanema
Jornal O Campeão
Manhuagito
Portal Vila Nova
Jornal Regional
Portal da Mata
Blog Willian Chaves
Comendador Fabricio
Lovantino
Blog do Cabo Júlio
Amigos de Caserna‏
Blog Debate Policial
Blog do Cabo Fernando
Matipo Web
TV Super Canal
Jornal de Bolso
Manhuaçu Noticia
Jornal o Combatente
Instituto Caminhar
Pontinhos de Minas
TV COM


Bookmark and Share

Colunistas
DROGAS: FAMÍLIA , no contexto social, parte I

Desenvolvido pela ArtePlus - www.arteplus.infoGetulio Vargas de Lacerda
Segurança Pública
getuliovlacerda@hotmail.com
Delegado de Policia Nível II
Esp. em tóxicos
Pós graduado em Direito Penal, Proc. Penal e Público
Professor Direito Proc. Penal
Multiplicador Policia comunitária
Palestrante - Mult Denarc – SP

Apresentador Programa TV Catuai Falando Sério - Anti Drogas e Programa Personna.

Idade: 49 Anos, Casado, 03 Filhos, Thalles 20 Anos, Thais 17 e Lucas 12.

Rel: Evangélico, Diácono da Igreja O Brasil para Cristo em Manhuaçu-MG.
Cursos: Dentre Os Acima, Possui Diversos Na Área Policial- Inteligência Policial - Anti Seqüestro.

"O adolescente tem que ter limites. Permitir que ele desenvolva-se não é deixá-lo fazer o que bem entender". Porém, muitos familiares tendem a ignorar o fato, reconhecendo o problema apenas quando este já se instalou, agravou e/ou foge do controle.

Ao descobrirem que o filho adolescente está usando drogas, alguns pais sentem-se culpados, questionam- se onde erraram na educação do filho, por que está acontecendo com eles; já que nunca deixaram faltar nada em casa. Outros pais buscam a internação de seus filhos esperando um método ou milagre para a cura imediata. Há alguns pais que recebem a notícia acusando o grupo social a qual o filho pertence.

Ao iniciarmos essa discussão sobre o uso de drogas na adolescência, buscamos apoio em diversos autores para melhor esclarecimento das questões sobre o tema e abordar questões não exploradas no âmbito familiar e social.

A família nuclear burguesa foi e é um dos moldes mais conhecidos de estrutura familiar, na qual os papéis são categoricamente bem definidos. Neste modelo familiar o pai é o provedor e chefe da casa, a mãe assume o papel de esposa e responsável pela educação dos filhos e organização do lar. Aquela família que não fosse composta de tal maneira era estigmatizada como desestruturada ou incompleta.

O processo de modernização dos modelos de família passou por modificações com a saída da mulher do papel de apenas esposa e mãe. Conforme afirma Sarti, com a entrada da mulher no mercado de trabalho, até mesmo para a complementação da renda doméstica, as mudanças na família relacionam-se com a perda do sentido da tradição. Este processo foi impulsionado basicamente pelas mulheres, a partir de um fato histórico fundamental: a possibilidade de controle da reprodução, que permitiu à mulher a reformulação do seu lugar na esfera privada e sua participação na esfera pública.

Em se tratando do assunto : Uso e abuso de drogas, sabemos que a decisão da família no contexto geral, seja a partir daquele choque ao descobri o envolvimento de um(a) filho(a) com drogas ou um parente querido, isto muitas vezes chateia e entristece. Assim, sabemos que algumas medidas iniciais devem ser tomadas pela família, daí sua importância, senão Deus não teria, desde a origem do homem , criado a família. Para todo cristão, a primeira família foi composta por: Adão, Eva e seus filhos Abel e Caim, e desde o início a família vem enfrentado dificuldades. Atualmente, com a globalização, a tecnologia e a distância, muitas vezes, nos afasta dos nossos filhos. Não é? Pois bem, numa casa pode ter computador com acesso á Internet, televisão, entre outros eletrodomésticos que nos prende quer pela necessidade, quer pela presença deles em nossa vida. Assim, não podemos abrir mãos dos horários das atividades compartilhadas em família, da organização dentro de casa, do respeito entre pais e filhos, principalmente dos filhos com os pais. Por um ordenamento de Deus, nós como pais devemos usar do diálogo, do carinho, da presença na vida dos nossos filhos, do amor, sem ele nada dos demais seria aplicável, da persistência, não desistir nunca dos nossos filhos. Devemos ensinar a eles, o que aprendemos em nossa vida, com nossos erros poderemos passar a eles a nossa experiência.

A droga na adolescência, muitas vezes, parece como uma ponte que permite o estabelecimento de laços sociais, propiciando ao indivíduo o pertencimento a um determinado grupo de iguais, ao tempo que buscam novos ideais e novos vínculos, diferentes do seu grupo familiar. Complementando esta linha de pensamento, em um outro estudo, eu diria que os pais ao analisarem o problema , vem aquela antiga máxima “ONDE FOI QUE NÓS ERRAMOS”, OU “ONDE FOI QUE EU ERREI! , eu diria que muitas vezes os fatores além da curiosidade, grupos de “amigos”, casais separados ( ou desestruturação do lar) há também outros fatores diversos, que em muitas vezes têm contribuído para que o adolescente caminhe rumo as drogas, mas isso não é uma regra geral. Devemos lembrar que existem fronteiras em nossas vidas, e por muitas vezes elas não devem ser ultrapassadas, e aí , nós como pais, como família como instituição, temos condição de ficar 24 horas atrás de nossos filhos? Vigiando os mesmos, é muita festa, muita diversão, muita balada, qual o pai ou mãe que não passa o fim de semana, ás vezes pregado no celular ou esperando o filho ligar, ou não acaba ligando para ele ?

O que eu, como profissional da área de Segurança Pública, aconselho aos pais e que por ventura lêem esta coluna, que nós podemos sim, em se falando no sentido preventivo, buscar o melhor para nossos filhos, além da ideia de família “Papai , mamãe titia, janta junto todo dia” (letra dos titãs-Família), devemos inserir em nossos filhos, a palavra que Deus nos ensina, através de Salomão em provérbios 22:6 “ensina a criança no caminho que ela deva andar (quando ele sai para as ruas, com quem anda, as pessoas, o álcool, drogas, carros, velocidade) assim quando estiver velho (crescido), não se desviará dele. Devemos sempre ter Deus como base de tudo em nossa vida e a nossa família na sua presença.

As opiniões expressas ou insinuadas neste site pertencem aos seus respectivos autores e não representam, necessariamente, as do site www.policiaecia.com.br ou de seus representantes.


A matéria foi acessada 6989 vezes.






Leia também:


Quem somos - Termos de Uso e Privacidade - Anuncie - Gerenciar
©2009-2018- Site Policiaecia.com.br - Todos os direitos reservados.
Arte Plus - Marcelo Ivanir